Veja quanto custa uma senadora comunista ao pagador de impostos

35
58164

Em 2015, a senadora Vanessa Grazziotin, líder do PCdoB no Senado, foi a campeã nos gastos com verba de gabinete, com surreais 505 mil reais. Ao que tudo indica, a senadora pelo Amazonas, defensora ferrenha de Dilma Rousseff e do PT, caminha para um bicampeonato com louvor.

Vejamos, em 6 meses, como uma parlamentar de um partido comunista, que deveria abominar o capital, usa os nossos recursos.

Ao que tudo indica, os socialistas de Iphone, de fato, existem, a julgar pelos gastos com telefone de seu escritório em seu estado de origem.

Vejam, como exemplo, o mês de Março, com R$3.048,65. Só em contas telefônicas, sem contar o acesso à internet, que nos custou R$447,90 (qual cidadão brasileiro tem acesso à internet com um valor como esse? Nem o maior capitalista). Isso no escritório fora de Brasília. O melhor vem depois.

gastosescritorioMarco

 

E o aluguel do imóvel, em nome de Raul Armonia Zaidan, que é ligado a incontáveis processos por improbidade administrativa, deixa tudo ainda mais nebuloso.

Os gastos são tantos, que temo cansar o leitor. Mas só com este escritório amazonense, até Abril de 2016, a senadora nos custou R$16.761,85. É muito amor ao vil metal.

escritorioamazonas1

Comunistas, que deveriam viajar de charrete, gostam mesmo é de um bom avião e muita, mas muita gasolina, em hotéis que não lembram os Gulags de Stalin, porque só neste ano Vanessa usou mais de R$50 mil em locomoção, hospedagem, alimentação e combustível:

gastosLocomocaoeHospedagem

Eis o resort (sim, comunista vai pra resort. Nós, da elite, usamos AirBnB para economizar) onde Vanessa passou o dia 11 de Abril de 2016, provavelmente lendo “O Capital”, de Marx:

9ff700a06c1bde7e5ba4bb5dbf5a5542

O preço deste paraíso em Salvador? Veja abaixo (R$453,45/dia):

gasolinaEHoteisVanessinha

Além de muito luxo na hospedagem, Vanessa gastou quase 10 mil reais em locação de veículos. Porque ônibus, metrô e UBER é coisa de burguês. Feliz é o dono do posto Subel, em Manaus, que embolsou R$1.720,00. Agora, finalmente, entendo a #OPetróleoÉNosso. Isto acima, caros leitores, é apenas um mês de custo de uma senadora comunista.

No ano, a empresa J.S. Tavares Turismo, em Manaus, lucrou R$48.000,00 somente alugando veículos para a senadora. Quase 50 mil reais, em 2016, numa capital brasileira com todos outros meios de transporte disponíveis.

Mas o lado curioso e sombrio da empresa J.S. Tavares é que ela pertence a Marcio de Vasconcelos Paiva, que em 2014 doou ao PCdoB R$14.000,00. Em 2006, na campanha de Vanessa para a câmara dos Deputados, seu 3º mandato, Marcio já figurava na lista de seus principais doadores. Uma mão lava a outra. É muita camaradagem!

E o patrimônio de uma pessoa que abomina o capital? Em 2006, a senadora tinha um patrimônio não socializado de R$243.000,00; em 2010 passou para R$330.000,00 (um aumento de dar inveja a muito investidor que atua no mercado financeiro):

evolucaoPatriVane

 

E como eu disse, a senadora e equipe gostam muito de andar de avião:

gastosAviao

Chego na minha parte preferida dos gastos dos parlamentares brasileiros, o de “divulgação da atividade parlamentar”, a boa e velha propaganda:

divulgacaoGastosEm Abril, salta os olhos o gasto de R$10.000,00 com o CNPJ 24.092.238/0001-52, em nome misterioso de “D Mesquita da Silva”, este “D” seria o primeiro nome de alguém? No Google, é um fantasma. Ainda que um fantasma muito bem remunerado. O gasto monumental com esta única pessoa ou empresa em 2016 foi de R$22.000,00; o que torna ‘menores’ outros valores como R$ 2.082,50, só em mídias sociais. Essas redes sociais capitalistas…

atividadeParlMAI

Só em Maio, portanto, a nobre comunista nos custou quase 14 mil reais. Com pro-pa-gan-da! Lênin, você mal sabia o que viria, meu camarada.

 

Passamos agora ao “apoio ao parlamentar”, porque não deve ser nada fácil viver com tão modestas quantias e tanta pobreza material. Em Janeiro, Fevereiro e Março, o gabinete da senadora pagou, mensalmente, R$2.500,00 pela consultoria jurídica de Carolina Sodre de Cavalcante, advogada (OAB/AM 8825) de Manaus. Eu gostaria, como pagador de impostos, de saber sobre o que foi esta consultoria pela qual pagamos o total de R$7.500,00.

assessoriaOAB

Confira abaixo a ‘parcial’ da senadora do PCdoB, lembrando que os dados está indo na maioria das vezes só até Maio:

ParcialDaCampeaGastosGerais

R$133.682,07 do nosso dinheiro. Sendo que Janeiro e Fevereiro, tirando a assessoria de vossa excelência, era recesso parlamentar, ou seja, ela gastou em Março, Abril e Maio uma média de quase R$42.000,00/mês. Neste ritmo, encerrará 2016 com aproximadamente 400 mil reais em gastos. Mas não acabou. Não, não. Calma.

Temos a categoria “Outros gastos”. Com míseros R$13.701,04 do pagador de impostos só para estes “outros”, quase esquecidos.

Aqui, Vanessa usou nosso dinheiro para ir até Portugal protestar contra o “golpe” sofrido por Dilma, às nossas custas. Sabe quanto pagamos por isso? R$7.459,22.

 

vanessanaEuropa

Pagamos, à senadora, por outras coisas, como, por ex:

GastosVariadosVanessinha

O que seria de um senador sem um detergente líquido, não? Isso acima foi só no mês de Fevereiro. Você pode ver Março e Abril aqui, com itens igualmente surreais. O total passa de 5 mil reais em combustível e itens variados. Com os Correios, ela gastou módicos 700 e poucos reais. 

Nossa senadora não usou o auxílio moradia e mora em imóvel funcional, bancado por nós, evidentemente.

E para ajudar a senadora na dura luta pelo comunismo no Brasil, a equipe é farta:

  • Em Brasília, ela conta com nada mais nada menos que 24 pessoas. Sendo que destes 15 são comissionados, 5 efetivos e 3 terceirizados (#AbaixoàTerceirização)
  • Em Manaus, é uma tropa de 34 pessoas, todos comissionados.

 

Caro leitor, se você teve fôlego de chegar até aqui, fica claro que o maior inimigo do Brasil é o Estado inchado, obeso e caro. Somos, como sociedade, esmagados pelo elefante que nada produz. Usei uma senadora comunista como exemplo, porque é o ápice da contradição ideológica por parte dela, mas todos são muito custosos à população.

Os dados de contato da nobre senadora, onde você pedir dicas do resort em Salvador ou perguntar os detalhes da viagem à Europa:

Telefones:(61) 3303-6726 / 6733

E-mail:vanessa.grazziotin@senadora.leg.br