Uma professora do PT, surtada, ataca oposicionistas (VÍDEO)

0
3093

por: Alexandre Karamazov

Um vídeo, que está circulando nas redes sociais, vem chocando os internautas. Nele, uma professora, Sandra Leite Teixeira, professora da rede estadual do Distrito Federal, tem um surto, grita, ofende, ataca e cospe em alguns jovens que carregavam, em outro lado, bandeiras pró-Aécio, do PSDB, partido da oposição à Dilma Rousseff (PT). Tudo isso no pátio da UnB. Em sua página no Facebook, ela afirma que foi “Secretária de Estado de Educação do Distrito Federal”.

Com um adesivo de Dilma colado em seu peito, a professora afirmou que é do Partido Comunista Brasileiro (PCB) — nossa equipe de reportagem procurou seu nome dentre os filiados do PCB-DF e PCB-RJ e não encontrou (a lista pode ser facilmente baixada neste link: http://www.tse.jus.br/partidos/filiacao-partidaria/relacao-de-filiados), apesar disso, segundo foto abaixo, Sandra concorreu à vaga de Deputada Federal pelo Partido, ficando em 963º lugar, felizmente:

Este, leitores, é o comportamento de uma parte completamente louca da militância da esquerda radical brasileira. Agora, imagine se ao invés de “sua loira piranha”, conforme a mesma proferiu no vídeo, fosse algo como “sua preta piranha”. Creio que o PSOL, PCB e PT estariam chegando de helicóptero na cena, chamando coletivas de imprensa. Mas…não. Nenhum só comentário oficial sobre o ocorrido.

Vídeo – respirem fundo antes de clicar em play (atualizado às 14:04hs – o outro vídeo estava travando no meio, pedimos desculpas):

Para quem simpatizou com a militante, aqui vai o link do Facebook de Sandra, para que você manifeste seu apoio à ela: https://www.facebook.com/sandra.leiteteixeira

Nossa reportagem enviou várias mensagens para a professora Sandra, porém sem ter recebido resposta sobre o vídeo e seu conteúdo. 

Veja a mais nova postagem do Diário da Corte!