Que país Zé de Abreu…

0
880

O cara me cospe na cara de uma mulher — eu vou fingir que não cuspiu na do sujeito — ,vai num programa da Rede Globo, Domingão do Faustão, tv esta que é pichada, xingada, detestada e cujos militantes, da mesma turminha do ator, desejam fechar a qualquer custo por ódio. Puro ódio. E o que este ser intragável faz? Fala Zé de Abreuzice: “ain, eles vão melar a Lava Jato”. Este jegue parisiense finge que a Lava Jato não mostrou ao Brasil o que o PT é: uma quadrilha. Ele acredita na Lava Jato quando lhe convém, ele acredita no Moro quando lhe convém.

A mesma ‘tchurma’ que odeia a Globo e recebe dela todo dia 5 incita o ódio e a violência contra o juiz Sérgio Moro. E o cara me vem fazer terror psicológico da pior qualidade: “o Cunha vai julgar a Dilma?”, tentando ludibriar a todos, fingindo esquecer — porque mau caráter finge toda hora esquecer de algo — que quem julgou foram os deputados — eleitos — e será o Senado, com o STF presidindo a sessão, que fará o julgamento final. E lá no senado serão o Sr. Renan Calheiros, aliado mór do PT, e Lewandowski, advogado geral do PT. E aí?

Deu branco no Zé e ele esqueceu de ler a delação da Danielle Fonteles, dona da Pepper Interativa, onde ela explica a ligação da Pepper com o filho de Renan Calheiros, o que mostra cristalinamente o porque da subserviência do Renan com o PT.

Deu branco, também, quando ele diz que os maiores empreiteiros do Brasil estão presos, porque ele esqueceu que o PT que lucrava com a corrupção destas empresas e, mais importante, quem prendeu todos foi o Sérgio Moro, não o governo Dilma (eleito com este mesmo dinheiro roubado, portanto ilegítimo), que tentou diversas vezes interferir na Lava Jato.

Tenta-se criar um duelo, um embate de ideias, como se um lado das população defendesse o liberalismo e o outro o socialismo. Não. Um lado defende uma quadrilha simples de bandidos e vários lados defendem a tentativa de buscar punição e honestidade na vida pública.

E vamos refletir: o cara, uma “celebridade”, me cospe na cara de uma mulher, se vangloria no Twitter e ganha espaço no horário nobre de domingo? E nenhum grupo de esquerda dá um pio sobre o ato.

O Brasil é isso? Mas que país de Zé de Abreu….