Eu só queria um país…

0
761

Eu só queria um país sem corruptos de estimação, ditadores de estimação, partidos de estimação, indignações seletivas de estimação, guerrilheiros de estimação, torturadores de estimação.
Eu só queria um país com liberdade, respeito às leis e respeito a individualidade. Somos, felizmente, únicos. E aí está nossa riqueza enquanto seres humanos.

E quando eu vejo os ratos do Congresso, é sinal de que minha mente ainda não foi abduzida por alguma ideologia. Pois ainda os vejo. Tem gente que não vê os próprios ratos. No domingo, o Maluf votou sim e eu o vi. Ele votou o que eu votaria, mas eu queria — e quero — que ele votasse para qual cor seria o lençol numa prisão. E não, eu não o chamarei de herói do povo brasileiro.
Aí uma centena de páginas coloca que o marido de uma deputada favorável ao impeachment, prefeito de uma cidade mineira, foi preso no dia seguinte por corrupção. Mas é para ser comemorado! Que maravilha que menos um rato está solto. E se a esposa sabia e teve participação, a cela tem espaço para dois.

Mas é estranhíssima a miopia ‘cerveroriana’ de alguns compatriotas: eles perderam a capacidade de enxergar os próprios ratos. Não é mais a piscina que está cheia de ratos. É o oceano onde eles nadam e querem que eu nade também que está cheio de ratazanas. Mas eles juram que não veem.

E percebo o principal: eles gritam porque perderam. Não estão nem aí pro Cunha e centenas de parlamentares serem corruptos ou não. Eles chamam presidiários de heróis do povo brasileiro, quer dizer: defendem o STF pro Cunha, mas desconsideram o STF que prendeu os próprios companheiros? Tem faixa para os ‘heróis do povo brasileiro’. Faixa! Igual torcida organizada. São estas as pessoas indignadas com os parlamentares que deram prosseguimento ao impeachment?

Há um choque porque o Eduardo Cunha responde a 3 processos no STF. Mas a presidente Dilma, ontem, recebeu o presidente do senado, o ‘inderrubável’ Renan Calheiros, que responde a 8 processos na mais alta corte também. E ela vai negociar com ele. O PT vai negociar com ele. Sabem por que? Porque o PT é aliado do PMDB há apenas…13 anos. Será que o os corruptos do PMDB fizeram tudo, incluindo contas na Suíça, sem os donos do poder saberem? Será? Falta-me a miopia ‘cerveroriana’ para conseguir ver, ou melhor, não ver, tal realidade.

E querem imputar a nós, que nunca roubamos um centavo do contribuinte, a fama de corruptos e fascistas. Logo eles, os defensores supremos do Estado gigante regulador do sal na mesa.

E acabo onde comecei: quero um país sem corruptos de estimação…sem eles, talvez, será possível este país se unir novamente.