Desabafo pós-manifestação do dia 16/8

0
3530
Nos braços do povo

A imprensa tenta colocar as manifestações no lixo.
Humoristas tentam colocar as manifestações no lixo.
O PT tenta colocar as manifestações no lixo (compreensível).
Os artistas pagos com Bolsa Rouanet tentam colocar as manifestações no lixo.
Os ‘movimentos sociai$’ tentam colocar as manifestações no lixo.
Os idiotas úteis tentam colocar as manifestações no lixo.
Os institutos de pesquisa jogam o bom senso no lixo.

É…triste é o país que chega a este ponto de ironia e deboche com milhões de pessoas, de centenas de cidades, que foram às ruas sem receber um centavo, por amor ao país, em genuína vontade de melhorar o Brasil, lutando contra valores que qualquer pessoa séria deveria encarar, como: corrupção, ameaças ao trabalho do MPF e judiciário, inflação altíssima, impostos surreais, incompetência do Estado em tudo, ameaça à liberdade de imprensa, cumplicidade com ditaduras, etc.

Quer dizer, na visão dos citados lá em cima, todos nós deveríamos nos calar e deixar o PT roubar tudo. Eu me pergunto: como existe gente mau caráter a esse ponto?

Precisamos, inclusive nas redes sociais, desbancar o discurso que pretende rebaixar nossa manifestação histórica. Como todas as outras. Porque não houve patrocínio, não houve nenhuma organização por trás, injeção de dinheiro estatal, etc.

Enquanto isso, na televisão, o destaque dado ao acampamento pitoresco da CUT em frente ao Instituto Lula (quanto ganharam pra estar lá?) foi o mesmo que a multidão que ocupava a Av. Paulista.

Está tudo errado neste país. Menos a gente. Menos os 93% dos brasileiros que eles querem tachar de golpistas, ”intervencionistas”, ”fãs da ditadura”, etc.

 

obs: texto postado originalmente em meu Facebook, às 21:07, do dia 16 de Agosto de 2015, em tom de desabafo.